Eu,
madrugada insone,
uma saudade que tinha nome
e apenas essa poesia medíocre
pra me segurar.

Deixe uma resposta